Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

TOP MÁQUINA

Eu faço Trail e sou uma Máquina. E isso é Top!

TOP MÁQUINA

Eu faço Trail e sou uma Máquina. E isso é Top!

12 Dicas para Correr em Tempo de Crise

por Pedro Caprichoso, em 02.10.15

a39c46546d3429d4b12d9878bc186447.jpg

 

 

1. Adoptar o minimalismo e o barefoot running

 

Nada melhor para poupar dinheiro em sapatilhas do que correr descalço ou de sandálias. Se quiserem ir mais longe, podem aplicar o minimalismo a outras áreas, como a alimentação e o vestuário. Jejuar com fartura e aderirem ao nudismo far-vos-ão poupar centenas de euros em comida e roupa.

 

“Isso é tudo muito bonito mas só há uma prova nudista em Portugal”, diz o nudista que existe dentro de ti. É verdade. Mas com o sucesso da “Légua Nudista”, desconfio que 2016 será o desabrochar – salvo seja! – das provas de pipi ao léu.

 

 

2.Vender o relógio GPS

 

Vendam o vosso relógio GPS e com o dinheiro comprem um Rolex de imitação nos Marroquinos. Isto fará sentido mais à frente. O resto podem investi-lo em Papel Comercial do Novo Banco. Para substituir o GPS, puxem pela imaginação. Eu tenho por hábito atar as extremidades de um cordel de 1 metro aos tornozelos e contar passos.

 

 

3.Fazer isotónico e géis caseiros

 

Receita: 1 litro de água, 2 colheres de chá de sal de cozinha, 2 colheres de sopa de açúcar amarelo e sumo de limão a gosto. Outra forma de obteres bebidas desportivas à borlix é treinares como gente grande, ganhares umas quantas provas e conseguires o patrocínio de uma marca de suplementação desportiva. Mas isso, como bem sabemos, dá muito trabalho. Cansa.

 

Quanto aos géis, recolham as embalagens usadas, lavem-nas, desinfectem-nas, injectem-lhes mel com café e fechem a embalagem com fita-cola. Não sabem onde encontrar embalagens usadas de géis? Basta procurar ao longo do percurso de uma prova realizada no dia anterior.

 

 

4.Correr com sapatilhas antigas

 

Atenção: não estou a falar em comprar ténis da colecção do ano anterior. Isso é para milionários. Estou a falar, isso sim, em arrombarem um daqueles contentores para recolha de roupas e calçado usado. Daqueles que depois são enviados para os pretinhos de África. Procurem bem e eventualmente encontrarão um par de sapatilhas à vossa medida.

 

 

5.Comprar roupa a custo zero

 

Poderíamos usar a dica indicada no ponto anterior? Poderíamos. Acontece que é difícil encontrar roupa técnica nos contentores para recolha de roupas e calçado usado. Falo por experiência própria. O melhor, mesmo, é comprá-la sem pagar. Há quem lhe chame «roubar», mas não se deixem dissuadir por uma palavra. Só custa a primeira vez. Dica: ninguém revista a barriga de uma mulher (supostamente) grávida. A minha Maria é a maior!

 

 

6.Casem-se com um treinador(a)

 

Ter um personal trainer não é para todos. Custa dinheiro. Mas não tem de custar. Eu sou casado com uma treinadora pessoal há coisa de 10 anos. Ou serão 15? Ou são 10 ou 15. Pensando bem, podem ser 7. São 9. Acho eu…

 

Seja como for, não gosto dela. É uma chata de primeira. Mas ao menos estou sempre em forma. Façam assim: paguem uma ou duas aulas particulares e seduzam-na(o). Às meninas basta-lhes usarem um decote até ao umbigo. Aos homens basta-lhes usarem um relógio de 10.000€. Lembram-se do Rolex que vocês trocaram (ponto 2) pelo vosso Relógio GPS? Pois bem, é aqui que vocês vão capitalizar o vosso investimento.

 

Não se finjam chocados. Há quem se case por razões mais fúteis: por dinheiro, por amor ou porque o tipo encontrava-se nu… e a determinado momento escorregou numa casca de banana… e acidentalmente enfiou a pilinha na pombinha da namorada… e embuchou a coitada.

 

 

7.Prolonguem a vida das vossas sapatilhas

 

Já ouviram falar em recauchutagem de pneus? Pois bem, não tem nada a ver. A melhor forma de fazer exercício sem danificar as vossas sapatilhas é andar de bicicleta. De bicicleta o calçado não toca no chão, impedindo o seu desgaste. Sim, é preciso uma bicicleta. E então? Hoje em dia já se encontram bicicletas mais baratas do que determinados modelos de determinadas marcas de sapatilhas. Além de que podem sempre aplicar o ponto 6 às bicicletas e gamá-las. Aquelas que se dobram todas, então, ‘é como limpar o rabinho a uma criança’. Tenho lá 7 em casa. Alugo-as à hora. Mandem-me uma mensagem privada e acertamos os honorários do aluguer.

 

 

8.Planeiem o vosso calendário com antecedência

 

A maior parte das provas oferecem descontos na primeira fase de inscrições. Inscrevam-se assim que possível nas provas que têm a certeza que farão. Eu não brinco em serviço e já inscrevi o meu filho (que ainda não nasceu) no UTSM 2045.

 

 

9.Voluntariem-se

 

As Organizações ganham milhões e estão sempre à procura de escravos, perdão, voluntários. A única diferença entre escravos e voluntários é que os primeiros trabalham de graça contra a sua vontade e os últimos trabalham de graça por vontade própria. Embora não vejam a cor do dinheiro, os voluntários recebem inúmeros benefícios e incentivos por parte das Organizações. Podem ficar com a t-shirt da organização, comem ‘à pato’ nos abastecimentos – não se esqueçam do tupperware – e ainda ficam com brindes que sobram. Querem melhor do que isto?

 

 

10.Evitem lesões

 

Muita massa gastam os meus amigos em fisioterapia, massagens, consultas médicas, acupunctura e idas à bruxa. Tudo para se curarem da epidemia de lesões que afecta o pelotão nacional. Um tipo lesionar-se é tão 1998! Deixem-se disso. Já não se usa. Hoje em dia só se lesiona quem quer. Da mesma forma que a melhor solução para evitar uma gravidez indesejada é a abstinência, a melhor forma de evitar lesões é não correr. Não corram e garanto-vos que não se lesionarão. Palavra de TopMáquina. Também podem aplicar o ponto 7 aos Fisioterapeutas e casar com um. Ouvi dizer que o Pedro Bizarro está livre como um passarinho e é um tipo extremamente bem apessoado.

 

 

11.Compitam perto de casa

 

É muito fixolas viajar, correr em novos trilhos e conhecer pessoas novas. Mas tudo isso tem custos. O transporte, alojamento e refeições saem-nos do bolso. Considerem isto: pelo preço de uma participação no MIUT poderão fazer 20 Trails de Curral de Moinas. Melhor ainda: organizem provas no quintal de vossa casa, convidem os vossos amigos mais fraquinhos, ganhem a prova e publiquem as fotos no facebook. Durante um ou dois dias vais sentir-te como um verdadeiro campeão.

 

 

12.Encornem o vosso cônjuge no monte

 

Em vez de levarem a vossa amante para o Hotel, que tal marcarem um treino / escapadinha no meio do monte? Fazem exercício, dão a queca atrás de um eucalipto e poupam dinheiro na diária. Só vantagens.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D