Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

TOP MÁQUINA

Eu faço Trail e sou uma Máquina. E isso é Top!

TOP MÁQUINA

Eu faço Trail e sou uma Máquina. E isso é Top!

REGULAMENTO DO PT281+ PARA TOTÓS

por Pedro Caprichoso, em 23.04.15

TOTÓS.jpg

 

A Organização da PT281+ – Ultramarathon diz que se inspirou “na prova estadunidense Badwater e na brasileira BR135+”. Não digo que não. No entanto, tendo em conta os preços de inscrição, quer-me parecer que também se inspiraram no UTMB.

 

1.jpg

 

Nas condições de participação aqui enumeradas, falta acrescentar que o atleta deve estar financeiramente preparado. O Novo Banco é que não anda a dormir e acaba de lançar um novo produto financeiro. O “UltraCredit” destina-se ao Trail Runner que não tem dinheiro para mandar correr um coxo – que é o correspondente no Trail à expressão “Não tem dinheiro para mandar cantar um cego”.  

 

WILD CARD

 

A Organização do PT281+ reserva-se o direito de atribuir Wild Cards. Dizem eles que “essas escolhas baseiam-se no historial competitivo do participante e [sua] conduta moral.” André Rodrigues, já podes tirar o cavalinho da chuva. Parece que não vais ter sorte. O teu historial competitivo é de alto nível, mas a tua conduta moral é que estraga tudo. Acho que terás mais sorte em obter um Wild Card na Color Run.

 

REEMBOLSO DE TAXAS DE INSCRIÇÃO

 

A organização adverte que, "a todos os pagamentos efectuados, serão retidos 50€ para despesas administrativas". Ao contrário do que possam pensar, 50€ para despesas administrativas não é muito. Esperem até conhecer a administrativa em causa e logo perceberão o valor dos seus honorários. É que ela é mesmo muito boa. 

 

Hot-Corporate-Secretary.png

 

 Os restantes 50% da taxa de inscrição serão devolvidos nos seguintes casos:

 

  • “No caso de a corrida ser cancelada no último momento e por motivos de força maior.”

É curioso como as provas são sempre canceladas por motivos de força maior. Nunca por motivos de força menor ou por motivos de força bruta. 

 

  • “Se um atleta for forçado a retirar-se antes do início da corrida, como resultado de um acidente ou doenças certificadas.”

A Obesidade é uma doença certificada? Pergunto isto porque há uma grande controvérsia no seio da comunidade médica: uns dizem que é doença; outros dizem que é uma questão de um tipo não conseguir fechar a boca. Em que ficamos? Se eu me inscrever no PT281+ e chegar a Agosto gordo que nem um cachalote, será que tenho direito a reembolso?

 

  • “Por outros quaisquer motivos desde que encontre alguém que o substitua.”

Este ponto não me assiste. Eu sou insubstituível.

 

No entanto, com prejuízo dos casos acima enumerados, “a partir de 1 de Agosto não haverá lugar a qualquer tipo de reembolso.” Ou seja: se a corrida for cancelada no dia 2 de Agosto por um motivo de força maior, já foste; se ficares doente de uma doença certificada no dia 2 de Agosto, já foste; se até ao dia 1 de Agosto não arranjares alguém que te substitua, já foste. O PT281+ realizar-se-á nos dias 20 a 23 de Agosto de 2015.

 

 

APOIO AO PARTICIPANTE

 

“O apoio no percurso, pela equipa, é proibido e desclassifica imediatamente o participante. No entanto, todos os atletas podem comprar ou receber alimentos sólidos e líquidos nos locais por onde passam.”

 

Quer dizer, se um gajo estiver a morrer de sede não pode aceitar uma mini de um popular sob pena de ser desclassificado. No entanto, se comprar a mesma mini numa tasca de beira de estrada já não há qualquer problema. Mas isto cabe na cabeça de alguém?

 

 

EQUIPAMENTOS RECOMENDADOS:

 

A Organização recomenda uma “Muda de Roupa, Protector Solar, Óculos de Sol, Repelente de Insectos e Faca”.

 

Sim, leram bem: protector solar. Vamos lá ver uma coisa: a PT281+ é-nos vendida como “uma das provas mais extremas a nível mundial” e depois recomenda o uso de protector solar? Mas que merda é esta? Provas extremas são para atletas extremos. Não são para atletas de fim-de-semana que usam protector e evitam as horas de maior calor. Quanto à faca, faz todo o sentido. Aliás, mais do que recomendada, a faca deveria ser equipamento de uso obrigatório. Todos sabemos que o Sócrates se vai evadir, mais tarde ou mais cedo, do estabelecimento prisional de Évora, pelo que é recomendado que os atletas se encontrem armados na eventualidade de darem de caras com o Pseudo-Engenheiro e Ex-Primeiro Ministro da República Portuguesa.   

 

 

SEGURANÇA / ASSISTÊNCIA MÉDICA

 

No caso de acidente, a Organização informa que “a protecção civil pode ser chamada a assumir as operações, utilizando, para isso, os meios que considerem adequados, incluindo um helicóptero. Todos os custos decorrentes desse transporte excepcional será cobrado à pessoa que foi resgatada, de acordo com as normas em vigor.”

 

Mais se informa que o pagamento é efectuado a bordo do helicóptero. Caso a vítima não consiga liquidar o frete, esta será largada do heli em pleno voo.

 

 

ALTERAÇÕES NO PERCURSO / CANCELAMENTO DA CORRIDA / INTERPRETAÇÃO DO REGULAMENTO

 

“A organização reserva-se ao direito de, a qualquer momento e sem aviso prévio, de fazer alterações à rota, à localização das bases de apoio ou nas barreiras horárias. (…) Reserva-se ainda a possibilidade interromper, mudar horários ou suspender a realização da prova na data e local previsto. Nestes casos, não haverá qualquer reembolso a fazer aos concorrentes das verbas já pagas ou aos patrocinadores. (…) A Organização declina toda a responsabilidade em caso de acidente, negligência, roubo, assim como dos objectos e valores de cada participante.”

 

Tradução para Português: Os atletas estão bem fodidos porque a Organização pode fazer o que bem lhe apetecer.

 

 

CLASSIFICAÇÕES

 

A grande novidade do PT281+ tem a ver com a forma como são determinadas as classificações. A Organização informa que “o vencedor da corrida será o corredor, ou equipa que precisar do menor tempo para alcançar a linha de chegada em Proença-a-Nova.” 

 

Isto é, o primeiro a chegar à meta é o vencedor – isto é revolucionário.

 

 

DIREITOS DE IMAGEM

 

“Os participantes que tiverem alguma restrição quanto ao uso da sua imagem deverão notificar a Organização com antecipação e por escrito. Caso contrário, estarão automaticamente a autorizar o uso em qualquer tempo, sem direito a receber compensação financeira por parte da organização.”

 

A restrição que eu tenho quanto ao uso da minha imagem é a seguinte: só autorizo o uso da minha imagem se esta se restringir ao perfil direito do meu rosto – que é o lado que mais me favorece. Tenho uma verruga do tamanho de uma bola de golfe na minha bochecha esquerda – e eu processarei o cabrão que me tirar uma fotografia desse lado.

 

 

PARTICIPAÇÃO

 

Embora não existam outros requisitos, após a inscrição ser-vos-á pedido o vosso CV. Será feita uma análise e a organização reserva-se o direito de não vos aceitar. Caprichem no CV, portanto. Eis algumas dicas:

 

  1. Não sejas cagão

Um C.V. não é mais do que um pequeno esboço do teu historial desportivo. Usa-o para chamar a atenção para os seus pontos fortes, sem entrar em demasiados detalhes.

 

  1. Enfatiza as tuas conquistas

Faz uso frequente de verbos activos, tais como: conseguir, alcançar, superar, empenar e pinocar.

 

  1. Trabalhe em ordem inversa

Começa cronologicamente com as tuas conquistas mais recentes e não te esqueças de incluir o nome de todas as provas que já fizeste até hoje, as datas e uma descrição bíblica das mesmas. Inclui toda e qualquer experiência desportiva relevante, incluindo a sexual e a realizada no WC.

 

  1. Constrói o teu CV à medida de cada prova

As Organizações apercebem-se logo se um CV foi feito tipo “linha de montagem” e despachado aos “caixotes” por correio. Faças-lhes sentir que conheces a prova e que estás verdadeiramente interessado em participar na mesma.

 

  1. Mente com quantos dentes tens

Mentir no CV é uma excelente opção para quem acabou de levantar o cu do sofá e ainda não tem muita experiência desportiva. Aldrabar em 20 posições a vossa classificação no Circuito Nacional de Trail pode não parecer uma ideia boa, mas é. A ATRP publica as classificações naqueles pdfs com letra miudinha, pelo que a probabilidade de alguém vos apanhar é muito reduzida.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D