Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

TOP MÁQUINA

Eu faço Trail e sou uma Máquina. E isso é Top!

TOP MÁQUINA

Eu faço Trail e sou uma Máquina. E isso é Top!

Rescaldo dos Abutres 2015

por Pedro Caprichoso, em 01.02.15

A Organização dos Abutres esteve ao mais alto nível. Tiveram o bom senso de adiar a prova em 2 horas por causa do mau tempo, reajustaram o percurso para garantir as condições mínimas de segurança e ainda fretaram um avião para descarregar pedras de sal sobre os atletas para estes reporem sais durante a prova. Ouvi gente ignorante dizer que era granizo. Vê-se bem que é gente que nunca participou em provas desta envergadura. Até as meninas nos últimos 6km foram brindadas com um tratamento de beleza à base de lama. É nestes pormenores que se vê a qualidade de uma Organização.

 

IMG095.jpg

 

Embora ao mais alto nível, o TopMáquina tem 2 pequenas críticas a fazer à Organização dos Abutres. Não são críticas. São oportunidades de melhoria:

 

1. Falta de privacidade nos duches:

 

O nosso enviado especial a Miranda do Corvo participou nos 50km e tomou o seu 28.º duche – os primeiros 27 foram tomados durante a prova – nas Piscinas de Miranda do Corvo. Pedro Caprichoso relatou-nos o seguinte via Skype:

 

«À falta de melhor adjectivo, foi uma pouca-vergonha. Os homens e as mulheres despiam-se em vestiários separados – até aqui tudo bem – mas depois tinham de se cruzar uns com os outros para aceder aos balneários, que se encontravam um andar abaixo dos vestiários. Resultado: mulheres enroladas em toalhas esbarrando em homens com toalhas presas à cintura. Acontece que ninguém me avisou. Ia portanto eu a sair dos vestiários com a toalha ao ombro (e as vergonhas à mostra) quando uma mulher se aproveitou da situação para tirar uma foto às minhas partes baixas. A foto foi publicada no fuckbook e agora toda a gente já sabe que eu sofro de SPDG – Síndrome do Pénis de Dimensões Gigantescas. Vou ficar traumatizado para o resto da vida.»

 

2. Prémio de finisher foleiro:

 

Dar como prémio de finisher um cinzeiro em forma de ténis da Salomon levanta 2 problemas. O primeiro é que incentiva as pessoas a fumar. O segundo é que o TopMáquina é patrocinado pela Adipas e não podemos aceitar merchandise de marcas concorrentes. Foi direito para o lixo.

 

Untitled.png

 

Quanto à competição, não há muito a acrescentar. Os resultados já são conhecidos e falam por si: os primos Silva não deram hipótese à concorrência, deixando-a a mais de 20 minutos. Destaque ainda para a fraquíssima prestação da equipa Juventude Vidigalense. Tirando o 4X4 Pedro Rodrigues, que acabou num honroso 6.º lugar da geral, o resto foi para esquecer:

 

Pedro Caprichoso, indicado pelo TopMáquina como eventual candidato à vitória, ficou muito aquém das espectativas. Fez uma prova desastrosa: terminou em 22.º e agora é procurado pela Mafia Chinesa de Barcelos, que nele apostou 1 milhão de euros na Betclic. Os mafiosos vão tirar-lhe um rim e vendê-lo no mercado negro para cobrir parte do prejuízo. O atleta desilusão dos Abutres não conseguiu sequer atingir o seu principal objectivo, que era chegar ao fim com os pés secos. Chegou com eles ensopados e cheios de lama. Um verdadeiro desastre.

 

Embora tenha abandonado, André Rodrigues mostrou-se satisfeito: «O meu principal objectivo para este ano é Zegama, e o espanhol Pedro Hernández – 17.º em Zegama – também abandonou nos Abutres. Isso significa que estou no caminho certo.» É este o segredo do André: vê sempre o lado positivo.

 

Na prova mais curta, Joel Martins deu uma queda feia numa ponte de troncos e a sua mão direita ficou no estado em que a imagem abaixo documenta. O Joel que tivesse utilizado a mão como remo para sair das poças de água mais depressa. Transformar os azares em oportunidades. É assim que temos de encarar a vida.

 

10313503_10203612540815912_2772774718716063543_n.j

 

Délio Ferreira também desistiu com princípios de hipotermia, deixando a delegação da Juventude Vidigalense em sobressalto. Chegou-se a temer o pior: que ele tivesse sido engolido por uma poça de lama. A Organização já se preparava para lançar uma equipa de resgate quando chegou finalmente a notícia de que ele se encontrava bem. A equipa cinotécnica de resgate seria liderada pela Missy – a cadela Trailer.

 

10956044_702403139881360_2567304610498232571_n.jpg

 

O TopMáquina aconselhou a utilização da Sunga Speedo para ultrapassar com estilo os cursos de água sem pé. Quem ignorou o nosso conselho fez estas lindas figuras:

 

output_cFS86O.gif

 

No fim ouvimos muita gente queixar-se que foi cortada. Ficámos sem perceber se se estavam a referir ao corte de tempo ou aos cortes nas mãos provocados pelas inúmeras cordas espalhadas pelo percurso.

 

387076_562653007097812_725230753_n.jpg

 

Muitos foram os fãs do TopMáquina que quiserem tirar uma selfie com o nosso enviado especial a Miranda do Corvo. Um xi-coração apertadinho para todos eles.

 

10413398_1085178161507700_1407680255032105790_n.jp

 

Esta foi a selfie número 74. À selfie 75, o nosso enviado especial passou-se dos cornos e partiu a máquina fotográfica do presidente da Câmara de Miranda do Corvo.

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D