Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

TOP MÁQUINA

Eu faço Trail e sou uma Máquina. E isso é Top!

TOP MÁQUINA

Eu faço Trail e sou uma Máquina. E isso é Top!

Peta Zetas

por Pedro Caprichoso, em 28.03.18

unidad_antigua_nueva.jpg

De Inverno, quando era puto e estava com a minha avó à lareira a lutar contra o frio da Serra da Freita, ela advertia-me para o seguinte: "Quem brinca com o fogo faz xixi na cama". Sempre. Mesmo que não estivesse a fazê-lo. A minha avó era dada à prevenção e jogava sempre pelo seguro, até porque era ela que lavava a minha roupa de cama. 

 
Na Construção Civil, quando era adolescente e trabalhava nas férias grandes com o meu tio com vista a ganhar uns trocos e depois estourá-los com os meus amigos em chupa-chupas e peta-zetas, ele advertia-me sempre para o seguinte: "Se olhares para o arco de soldadura, depois mijas na cama". Sempre. Mesmo que não estivesse a fazê-lo. O meu tio saía à minha avó e também ele jogava sempre pelo seguro, até porque eu vinha de boleia com ele e ele tinha medo que eu adormecesse na viagem e mijasse no banco do pendura.
 
A verdade é que ambos alertas revelaram-se-me completamente inúteis. Sempre brinquei com o fogo, sempre olhei para o arco de soldadura e nunca mijei na cama ou no banco do passageiro de um carro. Quer dizer... uma vez saíram-me umas pinguinhas na cama, mas isso foi porque eu estava a sonhar com um tipo que desfraldou a bandeira portuguesa na meta de um Ultra Trail realizado em Portugal e, literalmente, mijei-me a rir durante o sono—e isso não conta. Pensando bem, uma vez também urinei nas calças enquanto conduzia na Nacional 1, ali para os lados da Mealhada, mas isso foi porque vi um javali a sair do Restaurante do "O Rei dos Leitões" e, literalmente, mijei-me com o susto—e isso não conta. Estamos a falar de canibalismo. Quase. No fundo, um javali a comer um leitão é o equivalente a um humano a comer um macaco ou um militante do estado islâmico. Certo?
 
Dito isto, uma vez que a verborreia já vai longa e hoje ainda tenho de publicar a foto de um prato de comida saudável para fazer inveja aos pretinhos de África que nada têm para comer, finalizo por dizer que, ao longo da minha vida, só me têm dado conselhos inúteis. Quanto aos úteis, nem vê-los. Por exemplo, quem me dera a mim que a ATRP tivesse tido a decência de informar os seus associados de que: "Olhar para o rabo de uma atleta de saia promove a ejaculação precoce." É que já é a décima quinta vez que isso me acontece este ano. Só em provas.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D